No dia 17 de dezembro de 1985, a Organização das Nações Unidas (ONU) criou o Dia Internacional do Voluntário e determinou que fosse comemorado todos os anos, no dia 5 de dezembro.

O ano 2001 foi proclamado como Ano Internacional dos Voluntários (AIV2001) pela Assembléia Geral das Nações Unidas de 1997.

Os voluntários são pessoas ou grupos que, sem remuneração, ajudam a melhorar a qualidade de vida do planeta. Dedicam parte de sua vida para ajudar a resolver os problemas de sua região, indivíduos que se sensibilizam com comas causas sociais e estão dispostos a dar alegria, carinho e amor para quem está precisando apenas sorrir.

Os voluntários são pessoas de alto astral, capaz de curar um doente, só por um momento de atenção que deu a ele.

Agem por causas nobres, mobilizam-se contra a exclusão social, lutam para a melhoria nas áreas de educação, atividades esportivas e culturais, proteção do meio ambiente, o fim da violência, entre outras coisas.

Não precisa ser um especialista no assunto para ser um voluntário, apenas basta vontade e criatividade para desenvolver um trabalho solidário.

A Resolução sobre a criação do Dia Internacional do Voluntário, a Assembléia Geral reconhece a importância do voluntário e convida a todos os setores da sociedade – Governos, organizações não-governamentais e a sociedade civil – a incentivarem e divulgarem o importante trabalho dos voluntários.

Tradução não-oficial da Resolução de criação do Dia Internacional do Voluntário.

A Assembléia Geral,

Tomando nota do informe do Administrador do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento sobre o Programa de Voluntários das Nações Unidas e da relevante decisão do Conselho de Administração.
Considerando que os serviços de voluntários, incluído o dos Voluntários das Nações Unidas, dão uma contribuição importante às atividades de desenvolvimento socioeconômico.

Reconhecendo a conveniência de estimular o trabalho de todos voluntários, que trabalham tanto sobre em campo como em organizações – multilaterais, bilaterais ou nacionais, não-governamentais ou com apoio dos governos – e de incentivar esses voluntários, muitos dos quais prestam seus serviços a custa de consideráveis sacrifícios pessoais, a Resolução:

* Convida aos governos a celebrar todos os anos, o 5 de dezembro, o Dia Internacional dos Voluntários para o Desenvolvimento Econômico e Social, e os exorta a adotar medidas para que se cobre maior consciência sobre a importância da colaboração dos voluntários, a qual estimulará mais pessoas de todas os níveis sociais a oferecer seus serviços como voluntários, tanto em seus países de origem como no estrangeiro;
* Convida também organismos especializados, outras organizações do sistema das Nações Unidas e organizações não-governamentais que promovem serviços de voluntários, estão afiliados a esse tipo de serviços ou se beneficiam deles em qualquer forma, a que empreendam e promovam atividades para estimular um melhor conhecimento sobre a contribuição que os voluntários aportam a seu trabalho.
* Pede ao Secretário Geral que continue promovendo em todo mundo a publicidade acerca da importante função que cumprem os serviços de voluntários.

Veja a Declaração Universal do Voluntariado na íntegra.

Ideias para eventos no Dia Internacional do Voluntário (e para o ano todo também!)

* Forme ou integre um grupo do Dia Internacional do Voluntário
Se a sua cidade já possui um comitê promovendo o DIV, procure-o e descubra como participar. Se não, reúna líderes e pessoas de ação para discutir a participação no DIV, formando a coordenação central. Tente envolver gente de diferentes setores, como educação, ONU, setor privado, mídia, governo, fundações, ONGs e organizações comunitárias. Busque maneiras de obter apoio político e financeiro. Determine como será o recrutamento e a organização dos voluntários nos preparativos para o dia.

* Escolha um tema para o DIV
Considere maneiras de relacionar o DIV com um problema local como a fome, a falta de atendimento médico, agressões ao meio ambiente, desastres naturais ou outras causas humanitárias. Depois de determinar um foco único com os coordenadores, desenvolva um slogan que estimule contribuições voluntárias e mobilize a população para o tema. Tenha sempre em mente que, quanto mais as pessoas se identificarem com o assunto, mais motivadas ficarão em participar.

* Produza materiais promocionais
Você pode obter gráficos e informações sobre o DIV no site www.iyv.org e utilizá-los para criar posters, panfletos e calendários de atividades. Pode promover um concurso local, voltado para crianças, pedindo que bolem um cartaz sobre o que elas entendem como voluntariado ou o que esperam do DIV. Nesse caso, o cartaz vencedor será utilizado como símbolo da campanha. Esses materiais criados podem ser distribuídos em locais públicos, como bibliotecas, centros comunitários, escolas e universidades, ONGs e prédios governamentais. Procure também empresas que permitam que a divulgação seja feita entre seus funcionários.

* Desenvolva uma estratégia de mídia
Crie ferramentas de mídia e planeje uma estratégia de distribuição.Busque intensificar a cobertura publicitária na semana anterior ao DIV e guarde seus melhores materiais para o dia 5 de dezembro. Estabeleça boas relações com a imprensa oferecendo-lhes sempre novas notas, artigos e fotos das atividades voluntárias que estão sendo realizadas e programadas. Deixe os jornalistas cientes de todo o planejamento para o dia 5 de dezembro. Busque o apoio de algum artista ou atleta, para que ele ajude a divulgar seus planos. Convide-o para falar sobre a importância do voluntariado. Se você conseguir alguém famoso que já tenha antecedentes de trabalho voluntário, será perfeito. Se não, tudo bem, sempre há tempo de começar.

Outras idéias de atividades que podem ser feitas no dia 5 de dezembro e que já foram sucesso em diversas cidades do mundo em anos anteriores

Voluntariado individual:

* Organize oportunidades para profissionais dividirem seus conhecimentos e experiências.
* Realize workshops e palestras sobre temas diversos e importantes para a população.
* Organize campanhas sociais sobre tópicos significativos, como prevenção ao uso de drogas, combate à AIDS, à violência, ao trabalho infantil,etc
* Monte um grupo e vá de casa em casa explicando aos moradores como tratar a água, aproveitar melhor os alimentos, prevenir doenças, etc
* Promova apoio aos doentes através de visitas aos hospitais, campanhas de doação de medicamentos, doação de sangue, programas de vacinação, mutirões para examinar gratuitamente pessoas carentes, etc
* Visite crianças em orfanatos, distribua refeições, promova um dia especial para meninos carentes com passeios e brincadeiras, colete e distribua roupas usadas e alimentos não-perecíveis,etc
* Estabeleça uma linha direta para pessoas aflitas, que precisam desabafar, e lhes dê conselhos e apoio.

Voluntariado no meio ambiente:
* Organize mutirões para promover o reflorestamento de áreas devastadas.
* Coordene eventos onde as pessoas transformem terrenos baldios em hortas comunitárias ou parques públicos.
* Convide ambientalistas, agrônomos e agricultores para darem palestras sobre como cultivar hortas saudáveis e a importância de se cuidar bem da terra.
* Limpe praias, rios, parques, reservas naturais, praças públicas e pode as árvores de sua cidade.

Voluntariado em comunidades ou empresas:
* Promova uma campanha de doação de tempo, onde os interessados destinem horas de serviço voluntário para projetos específicos.
* Limpe escolas, centros comunitários, hospitais, igrejas, lugares históricos,etc.
* Ajude a restaurar ou construir instituições para órfãos, menores abandonados, moradores de rua, deficientes carentes, etc.
* Promova uma campanha para montar uma biblioteca, igreja, escola, posto de saúde, centro poliesportivo ou algum outro prédio que venha a ser útil para a sua comunidade.
* Estimule e ajude empresas interessadas em montar um programa de voluntariado corporativo.

Fonte: Primeiro Programa, Portal do Voluntário, IYV